O nome vem da região onde foi registada pela primeira vez: região de Alfafara – Província de Alicante, fronteiriça com Valência.

Essas duas províncias mais Castellón formam a chamada comunidade Vanlenciana, ou “país de Valência”.

Comunidade ou País Valenciano

Genéticamente aparenta ser idêntica a Ayrouni, do Líbano. E apesar de na Espanha ser utilizada prioritariamente para produção de azeite, no Líbano também é utilizada em conserva para mesa. Agronomicamente o comportamento é diferente em cada país.

Tamanho da cultura

Em Valência a área plantada é de aproximadamente 1.800 hectares (18.000.000 metros quadrados). A maior área permanece no estado de origem (Alicante) com 3.000 hectares. Ambas na Comunidade de Valenciana. Já na comunidade de Castilha – La Mancha na provícia de Albacete são quase 1.000 hectares.

A área plantada nas províncias da comunidade Valenciana são: Valência – Aproximadamente 1.800 hectares. Alicante 3.000 hectares. Já na comunidade de Castilha – La Mancha na provícia de Albacete são quase 1.000 hectares.

Outros nomes (Sinônimos): Alfarenca e Alfafareña.

Nomes atribuídos erroneamente: Grossal e Morruda.

Características da Alfafara

Azeitonas Alfafara, Alfafara Oliveira, Alfafareña, Alfarenca, olival

Árvore de porte médio, com copa aberta, mas ala densidade. Forma uma alta quantidade de raízes.

Sua produtividade é elevada e de média regularidade.

Muito alta resistência a tuberculose, alta ao frio e a presença de calcário na terra. Média resistência ao repilo. Seus pontos mais fracos são a sensibilidade a seca e a mosca da oliveira.

Tem uma capacidade rizogênica alta, ou seja: produz uma alta quantidade de raízes.

Uma curiosidade sobre a Alfafara é de que seu azeite aumenta de qualidade em terras com alta presença de nematódeos (não são minhocas).

Suas folhas

São pequenas, mediamente largas, com formato elíptico e com curvatura longitudinal plana. Possuem, em geral, a cor verde amarelada na superfície superior e esbranquiçada na superfície inferior.

O fruto – A azeitona

Sua azeitona é de tamanho médio (5g) e elíptico. Com muitas pequenas lenticelas é um fruto simétrico.

Sua polpa se desprende com dificuldade do caroço.

Maior vocação

Na Espanha sua maior vocação e para a produção de azeite, mas como já indicado acima, uma variedade geneticamente similar no Líbano (Ayrouni) a utiliza também como azeitona de mesa.

O azeite

Possuí um alto rendimento de azeite por massa de azeitona.

Óleo de tom dourado, principalmente quando o fruto já é colhido mais maduro. Possui um equilíbrio muito bom entre o amargo e a picância.

Em seu aroma é fácil perceber notas de banana, grama fresca, maça, tomate maduro e de forma sutil nozes. O sabor é equilibrado em amargor e especiarias.

Apesar de um percentual mais baixo em ácido oléico (71%), possui alto índices de tocoferóis.

Resumo do CULTIVAR

Liked it? Take a second to support MAURO JOSE DE MENEZES on Patreon!