Foto “Spoolivi – Società Pesciatina d’Olivicoltura”

Foto cortesia de www.spoolivi.com

A Grappolo, também conhecida como Frantoie a Grappoli, teve sua origem na província de Pistoia, Itália.

Seu nome em italiano significa “cluster” / “agrupamento” / “cacho”. Provavelmente devido a sua inflorescência apresentar até 5 azeitonas.

É uma árvore robusta e densa, entretanto seus ramos são pendentes. Aliada a relativa dificuldade de desprendimento do fruto da árvore, não é recomendado, nem tem sido utilizado em cultivos intensivos ou superintensivos com colheita mecanizada.

Possui resistência e produtividade muito elevadas, mesmo abortando aproximadamente 25% das flores.

Para quem busca um cultivar com alta produtividade,  a Grappolo pode ser uma boa opção. A boa produção de azeitonas por árvore é acompanhada de um bom rendimento em azeite. Essas características tendem a ser constantes, ou seja: Com pouca influência da “bianualidade” normal entre as oliveiras, contudo é autoincompatível, ou seja: Precisa de outra árvore para polinização, preferencialmente outro cultivar. Dente as opções no Brasil a melhor é Arbequina inclusive para polinização cruzada. Ainda é possível com Alto D’Ouro (também indicada para enxertia),  Negroa, Cordovil de Serpa e Ropades 392.

As sensações transmitidas pelo azeite da Grappolo são frutado verde, picante, com notas amargas e sabor marcante.

Difundiu-se de forma modesta em Florença. Não possui uma grande disseminação pelo mundo, mas está presente em alguns países da Europa, Estados Unidos e Brasil. No Brasil teve uma boa adaptação e é alvo de estudos.

A Árvore

É vigorosa e com densidade de copa média, com produção constante e elevada, não sujeita a bi anualidade. Muito resistente ao frio e ao “Olho de Pavão”.

Auto polinizante, contudo como todos demais cultivares, a polinização cruzada pode aumentar em mais de 10% sua produtividade. Sem a polinização cruzada perde aproximadamente 25 % das flores durante a transformação em fruto.

A Azeitona

Seu fruto á bastante pequeno. Em média com 1,95 g o que naturalmente ocasiona sua maior vocação: O Azeite

O amadurecimento ocorre de forma tardia e lentamente, sendo alongado e assimétrico.

O Azeite

Rendimento médio por massa de azeitona: 15%, entretanto pode chegar a 26%.

O paladar é “frutado verde”, picante, com notas amargas e sabor marcante.

Liked it? Take a second to support Olivapedia on Patreon!