Qual a área ocupada pela olivicultura no mundo? Qual a relação entre a área de cultivo e total de cada país produtor? E qual os países que apresentaram maior crescimento?

São essas as perguntas que pretendemos responder com essa publicação. Ficamos limitados ao ano de 2017, mas atualizaremos assim que possível. Contudo dá uma ótima visão. Confirmem ou discordem nos seus comentários. Obrigado.

Produção azeitonas – Mundo

Um mapa com a produção mundial de azeitonas no ano de 2017 começa a nos dar uma visão da distribuição dos olivais entre os países

Distribuição da produção mundial de azeitonas

Apesar da imagem acima, esse estudo não trata de volume de produção nem de azeite nem de azeitonas, mas sim de quanto a olivicultura ocupa e cresce em cada país.

Importância por país

A visão acima deixa clara quais são os maiores produtores, mas algumas questões podem ser levantadas, como por exemplo: Qual a ocupação do território de cada país com a Olivicultura?

Área plantada X Território do País

Demais países

Como era esperado a Espanha possui os mais vastos campos de oliveiras do mundo.

Uma baixa ocupação não significa que determinado país ainda possa crescer muito no cultivo de olivas, pois muitas vezes o terreno ou clima não são adequados. Logo cada caso deve ser analisado individualmente.

Observação: Para o leitor mais atento, alguns países citados em nossas publicações “44 países que produzem azeite e que talvez não saibam” não estão listados, pois a atividade é muito pequena, muitas vezes no limite do artesanal.

Curiosidade: A terceira doença endêmica mais incidente na Espanha é a alergia ao pólen das oliveiras. Haja pólen!

Qual percentual do território dedicado a olivicultura?

Demais países

Alguns fatos interessantes

  • A ocupação percentual nos países, aumento entre os anos de 2015 e 2017 uma média de 371%;
  • A redução da área plantada em um país não representa a redução da produção, pois novas técnicas vem sendo cada vez mais aplicadas, coo por exemplo o plantio intensivo e o super intensivo;
  • Um estudo quanto a produção dos países será realizado no futuro.
  • O crescimento da área plantada não ocasiona imediato resultado na produção de azeitonas e azeite. Como sabemos a produção começa em torno do 4º ano e só com a árvore adulta (10 anos) é que há um aumento significativo da produção.

Os maiores crescimentos em área cultivada (2015-2017)

Nesse ponto vemos o Brasil em destaque. Isso é bom , mas significa apenas um esforço para recuperar o tempo perdido com a desinformação e falta de apoio governamental em uma das culturas mais importantes do mundo e que mais cresce. Por que: 121% de crescimento significou que o país saiu de uma área de 366ha em 2015 e passou a 946ha. Cresceu 580ha o que representa 0,023% da área plantada da Espanha. Seria pior se o país estivesse estagnado e com um área tão pequena.

Tal qual o Brasil, outros países terão dificuldades em expandir muito a cultura, quer seja pelo clima, quer seja pela qualidade solo. Em alguns países a oliveira tem sido utilizada de forma a combater a desertificação, mas é um processo lento.

Conclusão

Dessa forma podemos ver os países que tem uma ocupação com a olivicultura relevante e os países que mais tem se esforçado nesse sentido.

Mas principalmente é a identificação do investimento em olivicultura em diversos países como uma meta da qualidade da alimentação.

Destaque para a Espanha, Grécia, Itália, Portugal e Tunísia que já possuem uma área significativa e ainda apresentam crescimento.

Agradecemos a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura que disponibilizou os dados para esse estudo.

Liked it? Take a second to support MAURO JOSE DE MENEZES on Patreon!