Existe relatos de árvores centenárias que produzem centenas de quilos de azeitona todos os anos.

Existem oliveiras que depois de 8-9 anos são arrancadas, pois o cultivar não se adaptou ao local e nunca floresceu…

Temos certeza que ambos os casos acima são pontos “fora da curva”, apesar de ainda não conhecermos a “normalidade” das oliveiras, seus cultivares e na localização Brasil.

Conhecemos árvores de “Maria da Fé” que os produtores afirmam colher 70 Kg sem esforço, assim como outros que estão desistindo desse cultivar.

Novamente encontramos algumas respostas nos mesmos parâmetros relacionados a “quando” uma oliveira começa a produzir: Cultivar, clima, insolação, polinização, qualidade do solo…

Uma boa média para plantações não intensivas ou superintensivas seria de 30 Kg por árvore. De novo: Algumas variedades são muito mais produtivas.

Em plantações superintensivas a produtividade é medida por hectare (ha) plantado, com uma média de 4.300 Kg por ha. Essa média fala de plantações com compasso de 1,5 m por 3,0 (até 4) m e sem distinguir plantações em sequio e regadas ma Espanha, França, Marrocos, Portugal e Tunísia. Uma produção abaixo de 2,5 Kg por árvore, compensada pela concentração dos recursos produtivos.

No Brasil ainda não temos uma plantação intensiva, que dirá superintensiva. Alguns apostam que não é possível. Vejamos.

 

Liked it? Take a second to support Olivapedia on Patreon!
Categories: Azeitona - Olive, Oliveira - Olive tree

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − 11 =

Liked it? Take a second to support Olivapedia on Patreon!