Sim, mas o melhor é que não! Mal não faz, mas ela é muito amarga, mesmo totalmente madura.

Explicação: Devido aos baixos índices de açúcar, em média 3%, e a forte presença de oleuropeína para ser consumida requer um tratamento com salmoura.

Mapeamos apenas uma azeitona grega, oriunda da ilha de Creta que possuí um sabor um pouco mais agradável em natura: A Thrubolea.

Saiba mais em:

Sobre as azeitonas

Liked it? Take a second to support Olivapedia on Patreon!
Category: Azeitona - Olive
Tags: Azeitona, Culinária
  • Robson Votri disse:

    Estava degustando azeitonas agora aqui na área de casa e pensei “Hey de onde elas vem, por que nunca vi um pé e será que da pra comer direto no pé?” Por que em 30 anos de vida aqui no Rio grande do Sul só vi azeitonas em conserva. Então, google e… cai aqui… Acabei lendo muita coisa legal. Parabens pelo projeto de vcs!

  • Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    dezenove + dezesseis =

    Liked it? Take a second to support Olivapedia on Patreon!