Aparentemente por quanto tempo a deixarem viver. Existem árvores datadas com mais 2.500 anos.

Através de um método de datação recente descobriu-se uma árvore com aproximadamente 2.850 anos em Portugal… ainda produzindo

Ainda hoje em Jerusalém encontramos árvores da época de Cristo. Certamente há de se datar árvores com idade superior a de Portugal.

Muitas dessas árvores ainda são produtivas, as vezes a custa de podas severas a fim de lhe fazer crescer ramos mais novos. Outras vezes deixando que cresçam livremente, como é o caso de uma Chemlali de Sfax a beira do deserto do Saara na Tunísia que está com mais de 500 anos e produz 800 Kg de azeitona todos os anos, conforme relatado no livro fantástico “Azeitonas – Vida e Saga de um Nobre Fruto” de Mort Rosenblum.

Árvores antigas aparente mortas, atacadas por pragas, quando tratadas e até transplantadas em local mais adequado voltam a “ressurgir”.

Liked it? Take a second to support Olivapedia on Patreon!
Category: Oliveira - Olive tree
Tag: Oliveira
  • GISELE MOLINARI FEO disse:

    Desejo saber se as oliveiras atacadas pela Xylellia Fastidiosa em Puglia na Itália foram recuperadas.

    • Olá Gisele. Tudo bem?
      A bactéria a qual você se refere é “comum” em plantas cítricas, e muitas vezes conhecida apenas como “amarelinho”.
      Podemos realizar uma pesquisa quanto a infestação em olivieras, especificamente na Puglia. Para tanto temos alguns contatos na Itália e Espanha que poderão informar sobre o questionado. Contudo, será algo que tomará tempo e algum esforço para trazer a informação da forma mais correta possível, inclusive falando sobre a doença e susceptibilidade biótica das oliveiras a essa bactéria gran negativa… Logo peço que considere inscrever-se no Patreon, pois é uma demanda mais complexa e atendida, especialmente, a membros Frantoio.
      Lembrando: Estamos com planos mais acessíveis “light”.
      Obrigado pela compreesão.
      Caso queira assinar o caminho é: http://www.patreon.com/olivapedia.
      Abraços,
      Olivapedia.

      • Complementando. A infestação a qual você se refere ocorreu em outubro de 2013. Correto? Só para complementar a informação com um paralelo importante para o Brasil, a Xylellia Fastidiosa também pode afetar os cafezais.
        Sds,
        Olivapedia.

  • GISELE MOLINARI FEO disse:

    Sobre as oliveiras da Itália em Puglia e a bactéria Xylellia Fastidiosa.

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    1 × 1 =

    Liked it? Take a second to support Olivapedia on Patreon!