Fotos cortesia Viveros Sophie

Origem e tamanho da cultura

Seu país de origem, a Síria, é um dos berços da origem das oliveiras. A Síria possui 42 cultivares de oliveiras registrados como nativos. Destes 4 são de “azeitona de mesa“. Como azeitona de mesa, somente a Kassy possui uma área plantada maior.

Essa variedade Síria é cultiva principlamente em Palmira na região de Hims.

Ainda hoje a Síra é a grande produtora dessa variedade que ocupa aproximadamente 2% do território do país, ou seja: 9.000 Ha com seus 1.200.000 de árvores.

Apesar da sua importância, a produção, e principlamente o consumo vem caindo desde 2011 com o início da guerra civil que já dura 8 anos.

Outro nome: Mhazzam abo Sattel

Características da Abu-Salt

Muito resistente a várias doenças, como repilo, lepra e tuberculose. Também suporta bem o frio, seca e salinidade do solo.

Compasso para plantação

A árvore possui uma alto vigor sendo sua copa aberta e densa, logo é indicado um compasso igual a 7m X 7m, ou superior. Considerando a plantação na Síria, o compasso é maior que 8m X 9m. Cada oliveira ocupa em média 75m².

O fruto – A azeitona

Possui um fruto grande que se despreende do forma “média” da árvore.

A polpa de azeitona solta facilmente de seu caroço.

Madura possui os tons de violeta escuro.

Maior vocação

Devido ao seu tamanho e baixo rendimento na extração de azeite, sua principal vocação é como azeitona de mesa.

O Azeite

Por ser uma variedade com baixo rendimento de óleo e de tamanho grande, a mesma é praticamente apenas utilzada como azeitona de mesa, logo não localizamos registros das caracterísiticas de seu azeite.

Liked it? Take a second to support Mauro Menezes on Patreon!