A única coisa em comum que podemos afirmar sobre esses cultivares, é que ambos possuem o seu uso principal: Azeitona de Mesa. Entretanto qualquer outra análise não é possível, pois o cultivar “Cairo 7” é extremamente pouco documentado. As informações disponíveis dizem respeito apenas do seu local de origem e atual cultivo.

Origem e cultivo

A origem provável e cultivo do “Cairo 7” se encontra na cidade de Gaza (Al –Jizah, subúrbio do Cairo). Já o cultivar Hamed surgiu provavelmente na cidade de Siwa, tendo se expandido até o Sinai, a cidade de Salum e Alexandria.

Locations of Cairo 7 and Hamed cultivars
Locais dos cultivares Cairo 7 e Hamed
Siwa Oasis
Oásis de Siwa

Principal uso e importância

Ambas têm destino principal na fabricação de azeitona de mesa.

Antagonicamente, posto a Hamed ser classificada como de importância 2 e a Cairo 7 de importância 1, existe mais informação disponível sobre a Hamed do que sobre a Cairo 7.

Table of importance
Tabela de importância

* Importância:

Hamed egipt olive
Oliveira Hamed – Egito / Foto a partir do “Viveros Sophie”
  1. Principais
  2. Secundárias, pouco cultivadas
  3. Minoritárias. Cultivadas em pequenas zonas de forma dispersa e não contínua.
  4. Especiais. Oliveiras únicas, ou poucos indivíduos, cujo objetivo pode estar ligado a Estudos, em fase de classificação. Oliveiras muito pouco conhecidas.

** Outros países:

O cultivar Hamed tem registro de cultivo na Califórnia.

Azeitona de mesa x azeite

O Egito possui 17 cultivares autóctones, dos quais 8 destinados a produção de azeitona de mesa, 3 com dupla destinação e 6 para produção de azeite.

Esses números refletem um consumo muito superior de azeitonas de mesa X azeite.

Observação: A maioria esmagadora dos cultivares dos olivais egípcios são os nativos, contudo alguns, como o Picual de origem espanhola, tem se destacado na produção de azeite.

Para mais informação, acesse: Oliveiras pelo mundo: EGITO – OLIVAPEDIA.

Pelo motivo já exposto – falta de informação confiável – vamos, a partir desse ponto tratar apenas do cultivar Hamed.

Informações complementares sobre destinação e cultivo

Segundo Giorgio Bartolini da IVALSA CNR – Italy, 60 % da colheita è destinada a produção de azeitona de mesa, 20% para produção de azeite e 20% para destinação mista entre Mesa e Azeite.

Fora do Egito a Hamed é cultivada apenas nos Estados Unidos – Califórnia, contudo há registro de coleções que possuem o cultivar na Espanha, Irã e Nepal.

Morfologia, características agronômicas e resistências

Morphology
Morfologia
Agronomic characteristics
Características agronômicas
Resistances
Resistências

Observação:

As “suscetibilidades”, ou “estresses”, são medidas em índices de “1” a “5”, onde “1” é muito pouco sensível, e “5” muito sensível. Quanto mais baixo o índice, mais resistente a árvore. Inversamente proporcional são as medidas de resistência.

Susceptibility X Resistance Table
Tabela susceptibilidade X Resistência

Características especiais do cultivar HAMED:

O fruto é delicado no manuseio e transporte, devendo ser processado ainda verde.

A floração é tão escalonada, ou seja: surgem inflorescências com semanas de intervalo no estado fenológico.

As árvores que estão mais desenvolvidas podem ficar carregadas de azeitonas a ponto de quebrarem galhos.

Azeite

Não há citação quanto as características do azeite obtido com o cultivar Hamed ou Cairo 7.

Liked it? Take a second to support MAURO JOSE DE MENEZES on Patreon!